Viajando com crianças: para onde a mãe sozinha (solteira/divorciada/viúva) pode viajar com seus filhos (PARTE 2)?

Bom dia, meu povo! Após MUITO atraso (pedimos desculpas por isso!), trazemos para vocês a segunda parte da postagem sobre Viagem da mãe sozinha com seus filhos!

Mãe filho mala
Imagem tirada do pt.dreamstime.com!

Na primeira parte, nós expusemos alguns pontos explicativos e restritivos a respeito das idiossincrasias envolvendo o pai/mãe viajando sozinho com seus filhotes. Por fim, demos dicas para quem queria apenas a opção de viajar para aproveitar uns dias com seus filhos, dando uma bela relaxada.

Hoje, continuaremos o tema, abordando as opções de viagens mais indicadas para a mãe que não quer ficar parada em um hotel/resort, mas de fato passear com seus filhos!

PASSEAR

Se o objetivo da mamãe NÃO for o descanso, não quer ficar parada com suas crias em um ponto só, fazendo questão de rodar e conhecer novos lugares (ou reviver velhos), daremos algumas indicações a vocês.

Primeiro ponto, lembrando nossas PREMISSAS da postagem anterior, é a definição de seu interesse e das suas limitações:

  1. INTERESSE: primeiro defina o que você QUER fazer, para depois pensarmos no que você PODE fazer! Não gosto do contrário, pois isso limita muito sua imaginação e dá uma chance de o pessimismo aflorar! Portanto, pense bem o que você tem vontade de fazer: conhecer alguma grande cidade cosmopolita, visitar um lugar paradisíaco, ou tem predileção por passeios culturais? O que seria melhor para você?
  2. LIMITAÇÃO: este ponto está no item 2 pois é a segunda parte mais importante do planejamento da viagem da mão sozinha: quais são suas limitações? Não adianta você se planejar toda para Aruba, por exemplo, se você não sabe dirigir! “Ah, tio, eu só posso ir para Aruba se for para dirigir?” NÃO, mas sua viagem restará muito prejudicada (ou muito cara)! Assim, evite locais cujos maiores pontos de diversão são um pouco inviáveis para você e sua pequena família!

Com isto em mente, podemos indicar algumas opções de destinos de passeios, por ordem de preferência!

GRANDES CENTROS URBANOS (sem carro): opções mais interessantes, com mais possibilidades para passeios! Priorize centros urbanos mais desenvolvido, com maiores facilidades de locomoção e transporte, com estrutura compatível para lidar com qualquer emergência. Você irá se comportar como você faz na sua casa, apenas em outro lugar (!): acorda, prepara tudo, sai de casa, passeia à pé ou de táxi (ou até de metrô), almoça em algum restaurante, passeia mais um pouco, volta para o hotel, dorme um pouquinho, sai à noite, janta fora, assiste um filminho no cinema ou um show infantil, volta para casa (ops, pro hotel), dorme; acorda no dia seguinte, começa tudo de novo! Passe uma semana em grandes cidades, tempo ideal para lazer antes do tédio/bolso falido bater! Como melhores opções, indicamos lugares como:

  • NEW YORK CITYResultado de imagem para ny com criançasA “maior” cidade do mundo é propícia para QUALQUER tipo de passeio (menos praia, claro!), voltado para QUALQUER público, merecendo um capítulo à parte! Mesmo não sendo a melhor opção em termos de segurança, um diferencial é que os táxis de NYC não exigem o uso de cadeirinha para transportar seus filhotes, facilitando um pouco sua vida! Porém, o metrô de lá supre qualquer necessidade em termos de locomoção, além de ser BEM mais em conta! Apesar de TODO mês ser bom para visitar NYC, aconselharíamos (está em negrito pois é SOMENTE um conselho, mas não é determinante) a fugir do inverno (muito frio para seus bebes!) e do auge do verão (por incrível que pareça, é bem quente mesmo, sendo bom fugir do sol!). Mire o Outono ou a Primavera em NYC, pois o Central Park fica lindo nestas épocas, com cores bem tradicionais, típicas dos filmes ambientados neste lugar! Ademais, recomendamos que se dê preferência para hospedagem em hotéis próximos ao Central Park, pois são regiões menos perigosas e mais “silenciosas”. Porém, antes de escolher o hotel, veja no Google Maps se há estação de metrô próxima, para facilitar sua vida! Há boas dicas nesta postagem da Ale Garattoni!
  • GRANDES CIDADES EUROPÉIAS:1398799_10200968156751487_1155075020_oSemelhante à NYC, as capitais europeias apresentam as mesmas facilidades e atrações para QUALQUER pessoa. A teoria é: se você consegue passar seus dias no RIO ou SAO, passeando com seu filhote, você CERTAMENTE consegue fazê-lo em BERLIM, PARIS, LONDRES, MADRID, BARCELONA, etc… O transporte e as opções de lazer justificam o investimento mais alto nesta viagem. Não importa qual das grandes cidades (ou quais, quem sabe!?) você escolher, saiba que terá facilidades e bastante opções para lazer e emergências! Destacamos Paris, única e exclusivamente pela opção da Euro Disney! No restante, agrada tanto quanto às demais! A alimentação também é facilitada, devido ao alto número de restaurantes/cafés/lanchonetes/mercados em cada lugar. Assim como foi indicado para NYC, se for em época de calor, fuja do sol forte, e em época de frio, fuja do inverno rigoroso! Deem preferência aos meses de Abril, Maio, Setembro e Outubro, pois as cidades estarão mais vazias e as temperaturas mais amenas! Deem uma olhada nesta postagem do Viajando com Pimpolhos, traz boas opções e indicações de roteiros!
  • GRANDES CIDADES AMERICANAS:California com Crianças – HollywoodSeguem a mesma linha das grandes cidades europeias. Há muito mais nos EUA do que NYC e Orlando! DALLAS, CHICAGO, NEW ORLEANS, WASHINGTON D.C., SAN FRANCISCO, LOS ANGELES, etc… Em TODOS estes destinos, você encontrará as mesmas facilidades que você encontra na sua cidade de residência, só que MELHOR! O transporte público funciona, o consumidor é respeitado, você tem acesso a boas estruturas de apoio ao turista, o céu é o limite! Do auge da nossa ignorância, sugerimos fazer San Francisco/Los Angeles! Nas duas cidades Californianas, você encontra qualidade e facilidade! Ademais, dá para fazer os dois destinos com preço “acessível” (os hotéis são caros, mesmo, mas a passagem é barata e a comida também)! ADEMAIS, bem pertinho de Los Angeles você encontra a Disneylândia original, além da Universal Studios, da Legoland e do sensacional parque de montanha-russa Six Flags, voltado para filhotes mais velhos! Tá bom ou quer mais? Vale a pena olhar o que diz o Eu viajo com meus filhos!
  • GRANDES CIDADES SUL-AMERICANAS: A linda Lorena em SantiagoPara não nos estendermos demais, ressaltamos que é bem fácil viajar para BUENOS AIRES, SANTIAGO e MONTEVIDÉU com seus filhos. Estas cidades podem ser percorridas à pé e de táxi com facilidade, além do fato de que o transporte público lá ser melhor do que o encontrado no RIO, por exemplo! Ficando em regiões mais centrais, que não sejam EXATAMENTE no centro da cidade (RECOLETA, por exemplo!), te dará um ponto de muita facilidade de locomoção e de tranquilidade, quando precisar! Assim como nos casos anteriores, se se tratar de filhos pequenos, fuja do inverno rigoroso e do calor escaldante! Prefira épocas de baixa, tanto pelo preço quanto pela diminuição do número de turistas! Em termos de modernidade e desenvolvimento, a opção mais indicada é o Chile, com sua belíssima SANTIAGO! Pode fazer muito à pé, empurrando seu carrinho de bebê, e o táxi não é um assalto como aqui! Vejam algumas dicas nesta postagem do Mil Dicas de Mãe!

CENTROS URBANOS (com carro): não é tão fácil de visitar quanto os grandes centros urbanos, mas bastante possível! Dê preferência para lugares mais calmos, porém que sejam voltados para o turista, com bastante estrutura! Fora do Brasil, não poderíamos deixar de indicar ORLANDO! Aqui no Brasil, recomendamos GRAMADO!

  • ORLANDO: Dispensa maiores comentários, não é? Não há muito o que falar que já não tenha sido AMPLAMENTE exposto em inúmeros blogs/sites pela Internet! Sério, joguem no Google.com “Orlando com crianças” e vocês verão! No caso da mãe solteira/divorciada/viúva, apenas ressaltamos o seguinte: dê preferência aos Hotéis da International Drive. Cacife um bom hotel, com uma boa estrutura para os momentos de descanso, com piscinas e tal (QUALQUER da rede Marriott serve, desde que seja bem localizado!). É ÓBVIO que os Resorts da própria Disney estão no nosso TOP 1, né? Devido a suas inúmeras vantagens (obviamente que não saem de graça, eles custam um pouco mais que a média), como transporte direto para os parques da rede Disney, early/late entrance nos parques, pulseira como ingresso, entrega das compras diretamente no seu quarto de hotel, etc.., eles são MUITO INDICADOS! Vale a pena pagar a diferença! Qual que é o pulo do gato aqui? Você terá que ter calma e paciência com seu pimpolho! Respeite o seu cansaço e o dele! O dia foi corrido, o parque está cansativo? Vá embora e volte outro dia! Ademais, FUJA da alta temporada! Mire Setembro ou Outubro! Se não der para fugir das férias escolares, priorize a segunda semana de Janeiro, até a primeira de Fevereiro! Neste ponto, é tanto site que traz dicas que não indicarei nenhum. Faremos uma postagem especial assim que puder!
  • GRAMADO E CANELA/RS: Parque do CaracolNão poderei me alongar demais, pois está ficando uma postagem grande! Devido aos passeios interessantes a serem feitos em Canela/RS, Bento Gonçalves/RS e outros pontos próximos (mas não tanto a ponto de ir andando!), este destino está nesta parte devido ao fato de não ser tão simples se locomover lá o tempo todo à pé, devendo ser alugado um carro para facilitar sua locomoção! Ademais, como a cidade não tem aeroporto, indicamos o voo para Porto Alegre e o aluguel do carro lá, saindo direto do aeroporto para Gramado (duas horas e meia de distância). Dá para ir sem carro? Dá, mas é mais caro e te dá menos opção lá! Porém, vale a pena! Há bastante atrações na região para você e seu filhote! Só não pode beber demais e largar o seu neném de mão, né? (brincadeira, tá!). Para ajudar, deem uma olhada nesta postagem do Viajar é tudo de bom!

CONCLUSÃO

DITO ISTO, e recuperando o explicitado na postagem da Parte 1, resumimos assim nossa opinião:

  • Para descansar, gastando menos: Vá para Hotéis-Fazenda (interior ou serra) ou Resorts (áreas mais quentes, normalmente de praia) (de preferência no seu Estado de residência) que ofereçam pensão completa ou all-inclusive! Você passará dois, três dias sem se preocupar com nada a não ser seu lazer!
  • Para descansar, gastando mais: Se quiser ir um pouco mais além, vá para Punta Cana! Passe uma semana em um Resort 5 estrelas, comendo e bebendo do bom e do melhor, sem preocupações! Fique em um grande Resort, com uma excelente estrutura para você e seus filhotes!
  • Para passear, sem carro: prefira os Grandes Centros, em qualquer região. Ir para NYC, PARIS ou SANTIAGO é bem mais fácil do que se imagina! Cara, a teoria é a seguinte: se você se vira com seu filho aqui, você se vira uma semana neste lugares, que possuem uma estrutura melhor que a nossa!
  • Para passear, com carro: priorize cidades VOLTADAS para o turismo e com atrações distantes umas das outras, como Orlando e Gramado e Canela/RS. Não aconselhamos se aventurar apenas pelo prazer de fazê-lo! O perrengue puro, para uma mãe solteira, é emoção demais, além da conta! Assim, se o perrengue for apenas para chegar a um lugar, beleza! Porém, ficar rodando igual peru com um bebê, é fogo, né?
  • Para lugares de praia: se o objetivo for apenas de ir à praia, não se deixe seduzir. Por mais que seja tentador ir para lugares com muitas praias diferentes e ficar rodando, explorando, fazer isso com filhos é difícil quando eles são pequenos! Assim, para lugar de praia, prefira aqueles cuja opção é ficar em um Resort só a viagem inteira, sem precisar ficar saindo de carro! Portanto, dê prioridade para Resorts All-Inclusive, como os encontrados em Punta Cana ou em Maragogi, por exemplo!
  • Para lugares de montanha: segue a orientação anterior. É legal ir para Teresópolis/RJ e ficar em uma pousadinha acolhedora, passeando e rodando? É, muito! Mas no caso da mãe solteira (principalmente aquela que não dirige!), o lazer pode se transformar rapidamente em trabalho! Prefira os Hotéis-fazenda com pensão completa/all-inclusive, já que o objetivo é curtir um friozinho! Caso contrário, se quiser aliar frio com passeio, saia do RIO e vá para Gramado ou para fora do país passear, como mostramos acima!

Concluímos com a seguinte explicação: quando sugerimos fugir do inverno rigoroso e do verão escaldante, não quer dizer que você não deva levar seu filho para curtir um sol na praia ou experimentar a linda e alva NEVE! Apenas indicamos o que facilita mais a sua vida! Porém, se você se preparar, TUDO é possível! Se for lugar frio, se agasalhe! Se for lugar quente, garanta que haja uma sombra sempre por perto! PRONTO!

Um abraço e até a próxima!

Viajando com crianças: para onde a mãe sozinha (solteira/divorciada/viúva) pode viajar com seus filhos? (Parte 1)

Bom dia, meu povo! Este é em homenagem a uma grande amiga que vive este dilema! Para todos os pais solteiros/divorciados/viúvos…

Obs: Como ficará muito grande, farei a parte 2 depois! Vejam abaixo!

Para onde o pai/mãe pode viajar sozinho com seu filho (ou filhos)?

Esta é uma questão que já ouvi de várias pessoas. Conheço casos de pais que deixaram de viajar porque não conseguiram pensar em uma boa alternativa para levar seus pimpolhos. Bom… SEUS PROBLEMAS ACABARAM! Vamos dar algumas dicas para vencer este medo e começar a se aventurar no mundo da viagem com crianças!

Continuar lendo “Viajando com crianças: para onde a mãe sozinha (solteira/divorciada/viúva) pode viajar com seus filhos? (Parte 1)”